segunda-feira, 30 de abril de 2012

1 ANO!

Miguel, você fez um ano e muita coisa já aconteceu de lá pra cá. Além de estar tagalerando, você também se soltou e agora perdeu o medo 100% de andar sozinho. Vai pra lá e pra cá, dá voltinhas, rodopia. 

Aprendeu a sentar e levantar com objetos nas mãos, subir escada virou piada. Tá todo independente, mas, mesmo assim, a gente sempre pensou: "nossa, quando o Miguel começar a andar, ele vai tocar o terror!"... e não é que nos enganamos? É impressionante como você é bonzinho e obediente (na maior parte do tempo, rs). Agora você aprendeu de vez que jogar os vasos da vovó no chão quebram, então você parou de fazer isso, mas ainda insiste em brincar com os bonequinhos de porcelana, já decepou a cabeça de meia dúzia, mas logo mais você aprende que eles também quebram, hehe.

Você está falando, demais! Aprendeu, de uma vez por todas, ATÉ QUE ENFIM, a falar "mamãe". Você ainda tem um sotaque de bebê e pronuncia "mémeain", mas tá bem melhor que "mamá" ou "memé". Você também aprendeu a falar "papai" direitinho, "papel", "aco", para sapo, "cuco" para suco, "ênisss" para "tênis", "amo" para vamos, "bobó" para vovó, "pêsse" para peixe, "uáuá" para au-au (cachorro), "bá" para bola, fora a língua "migueles" que só você entende :)

Fora isso, você adora brinquedos de encaixar, canta junto com as músicas, aprendeu coreografias infinitas do Palavra Cantada e Galinha Pintadinha. Você pega o telefone e fala com a cachorra da prima Lisanda: "aô, Sisssssssi?" (preciso filmar isso com uma certa urgência). Você também é apaixonado por livros. Se eu preciso resolver alguma coisa em casa que não dá pra ficar com você, é só colocá-lo dentro do berço com um livro que você gasta uns 30 minutos viajando nele ali, coisa mais linda!

Todos os dias, antes de dormir, você fica comigo na cama. Você rola pra lá e pra cá, faz carinho no rosto da mamãe, me beija, me abraça, brinca com a sua sombra na parede, beija o Pequeno Príncipe desenhado na fronha do travesseiro, esconde a chupeta e reza junto comigo. Quando chega na hora de rezar, você automaticamente pára de bagunçar e se concentra em pegar no sono. 

Depois de todo esse ritual, você dorme no berço e ainda acorda 2x pra mamar por noite. Eu sei que preciso tentar tirar esse vício da mamadeira de você, mas me corta o coração, porque, muitas vezes, esse nosso encontro da madrugada é muito bom pelo fato de eu não ter todo o tempo do mundo ao seu lado nos dias de semana enquanto eu trabalho, fora que você está crescendo e virando um monstrinho e eu sei que essas mamadeiras são mais de fome do que de vício mesmo. Além disso, você é muito bom de garfo GRAÇAS A DEUS. Come tudo o que a gente oferece. De vez em quando dá trabalho, não quer comer, fecha a boca, faz birra, mas sei que são coisas da idade. Tem dias que come muito bem, já outros, você vive da mamadeira e dos sucos :P

Amor da minha vida, meus parabéns por ter chegagado até aqui, pelos seus 365 dias completos fora da minha barriga, por ser esse menino incrivelmente doce e inteligente e que me enche de orgulho, você é demais!

Nós comemoramos seu aniversário do clube, dia 05 de maio de 2012. Chamamos apenas a família e amigos íntimos, pois eu e o papai estávamos duro de grana. Foi uma festa simples, mas que durou até às 22:30! Todos se divertiram e você foi muito mimado!

Fiz um vídeo, clichê, óbvio! Mas fiquei orgulhosa com o resultado e espero que goste!


video



Beijos mil
Te amo demais!

Mamãe Ive  :)

sábado, 14 de abril de 2012

Proezas do Miguel - Parte I

O Miguel não sabe andar sozinho ainda, mas em compensação, já sabe:

- subir escada sozinho (isso mesmo, minha gente! Su-bir ES-CA-DA so-zi-nho);
- mudar de canal no controle remoto e parar no canal infantil (juro!);
- ele sabe qual é o controle que muda de canal e qual não muda (o do dvd, por exemplo);
- fica em pé sozinho se equilibrando no chiqueirinho;
- e faz sim e não com a cabeça!

É muito amor, né?

Bjos

quarta-feira, 4 de abril de 2012

11 meses

Filhote,

Tenho trabalhado muito nas últimas semanas, mas juro atualizar os posts antigos pra não te desapontar no decorrer da leitura do blog.

Dia 30 de março você completou 11 meses de idade. Você já está calçando número 18. Veste roupas GG a número 1. Deve estar com uns 10kg. Ainda não anda, mas se equilibra sozinho de vez em quando e ensaia uns passinhos. Não nasceu mais nenhum dente (fora os dois de baixo coisa linda que você já tem). Seu cabelo está grande. Você aprendeu a falar mamãe, pronunciando mamã, mamama, bobó (para vovó e vovô), tetê (para mamadeira) e popopó (cantando a Galinha Pintadinha). Fora isso, você é inteligente DEMAIS. Acende e apaga a luz, aponta pra tudo que quer pegar. Você vê um notebook, já aponta e começa a cantar o popopó, pedindo pra assistir o dvd da Galinha Pintadinha. Você conversa na sua língua. Toca música, você dança com o corpo e com a cabeça. Aprendeu a dizer sim com a cabeça. Enjoou das papinhas e já manda ver no arroz e feijão. Quando está no andador, você aterroriza qualquer um, porque fica se esticando pra tocar o chão e abre e fecha o forno da cozinha. Não satisfeito, você curte tocar o sininho da vovó que fica pendurado no teto do quintal, ai você pega o rodo pra conseguir alcançar. Esperto ou não?

Fora tudo isso, você adora quando cochichamos no seu cangote, morre de cócegas nos pés e na barriga e você é extremamente carinhoso. Antes de dormir, pra pegar no sono, você gosta de ficar deitadinho comigo na cama mexendo no meu rosto até adormecer.

Outra coisa que esqueci de citar, você aprendeu a segurar a mamadeira sozinho.
Todo independente, oun!



Filho... você é um fofo e a cada dia eu vejo que amar você é amar alguém de verdade! Obrigada por me ensinar algo tão incrível e que eu nunca havia sentido antes!

Bjos, parabéns e eu te amo (pra valer e de verdade, verdadeira!)